Arquivo da Categoria: BRM

Mônaco-1972: Jean-Pierre Beltoise, o São Pedro do Principado

Se São Pedro tivesse um representante nas pistas, este atenderia pelo nome de Jean-Pierre Beltoise. Em 14 de maio de 1972, o francês literalmente “abriu as portas do céu e fez chover” durante o GP de Mônaco daquele ano. Dos 25 … Continuar a ler

Publicado em Andrea de Adamich, Brabham, BRM, Eifeland, François Cevert, Helmut Marko, Henri Pescarolo, Howden Ganley, Ignazio Giunti, Jean-Pierre Beltoise, Jo Siffert, March, Matra, Maurice Trintignant, Mônaco, Mike Hailwood, Niki Lauda, Peter Gethin, Rolf Stommelen, Ronnie Peterson, Surtees, Tim Schenken, Wilsinho Fittipaldi | 1 Comentário

Bélgica-1966: Jochen Rindt apresenta cartão de visitas à F1

Não basta correr: tem que impressionar. Com essa ideia em mente, Karl Jochen Rindt (Cooper) largou para a disputa do GP da Bélgica de 1966, em Spa-Francorchamps. No 14º GP de sua carreira na Fórmula 1, o austro-germânico quase pôs … Continuar a ler

Publicado em Bélgica, Bob Bondurant, BRM, Cooper, Graham Hill, Jackie Stewart, Jo Bonnier, Jo Siffert, Jochen Rindt, John Surtees, Lotus, Mike Spence, Richie Ginther, Spa-Francorchamps | Publicar um comentário

México-1965: a primeira vez de Ginther, Honda e Goodyear

O GP do México de 1965, disputado em 24 de outubro daquele ano, na Cidade do México, viu o limiar de duas importantes marcas no topo do pódio da Fórmula 1. No circuito asteca, Honda e Goodyear venceram pela primeira vez na … Continuar a ler

Publicado em Brabham, BRM, Cidade do México, Dan Gurney, Dick Attwood, Dunlop, Goodyear, Honda, Jackie Stewart, Jo Siffert, Lotus, México, Mike Spence, Richie Ginther, Ronnie Bucknum | Publicar um comentário

África do Sul-1967: amor (quase) triunfa com John Love

Há quem diga que, em histórias românticas, o amor sempre vence no fim. Na Fórmula 1, porém, tal pensamento não é regra. Pelo contrário: em 2 de janeiro de 1967, um piloto que trazia amor no nome foi derrotado no final … Continuar a ler

Publicado em África do Sul, Bob Anderson, Brabham, BRM, Bruce McLaren, Cooper, Dan Gurney, Dave Charlton, Eagle, Honda, Jackie Stewart, Jo Siffert, Jochen Rindt, John Love, John Surtees, Ken Tyrrell, Kyalami, Pedro Rodriguez | 2 Comentários

Argentina-1975: o ‘batismo de fogo’ da Copersucar Fittipaldi

No dia 12 de janeiro de 1975, um sonho se tornava realidade. Ao alinhar seu Copersucar Fittipaldi para a largada do GP da Argentina, etapa de abertura do Mundial daquele ano, Wilson Fittipaldi Júnior fazia história. Na 23ª e última posição do … Continuar a ler

Publicado em Argentina, BRM, Buenos Aires, Fittipaldi, Graham Hill, Hesketh, James Hunt, Jean-Pierre Jarier, Jo Ramírez, John Watson, Lola, Mike Wilds, Ricardo Divila, Shadow, Surtees, Uncategorized, Wilsinho Fittipaldi | 1 Comentário

Canadá-1969: Al Pease é desclassificado por ‘ser lento demais’

Bem possivelmente, Al Pease tenha sido o piloto mais odiado da Fórmula 1. O canadense era temido… pelas atrocidades que cometia na pista. O ‘auge’ de Pease na categoria máxima do automobilismo aconteceu no GP do Canadá de 1969, em Mosport, … Continuar a ler

Publicado em Al Pease, Bill Brack, Brabham, BRM, Canadá, Eagle, Jackie Oliver, Jean-Pierre Beltoise, John Cordts, Lotus, Matra, Mosport, Peter Lovely, Silvio Moser | Publicar um comentário

Holanda-1973: em meio à tragédia, Hunt obtém primeiro pódio

James Hunt (March) precisou de apenas quatro corridas para alcançar seu primeiro pódio na Fórmula 1. No GP da Holanda de 1973, o inglês mostrou velocidade e competência para levar seu 731 ao terceiro lugar em Zandvoort. Durante toda a … Continuar a ler

Publicado em Alexander Hesketh, BRM, David Purley, Graham Hill, Hesketh, Holanda, James Hunt, José Carlos Pace, March, Mike Hailwood, Niki Lauda, Roger Williamson, Shadow, Surtees, Zandvoort | Publicar um comentário