Bélgica-2014: em Spa, Kvyat conquista quinto top 10 do ano

Daniil Kvyat terminou a etapa em 10º, mas herdou o 9º lugar após Kevin Magnussen (McLaren) ser punido

Daniil Kvyat terminou a etapa em 10º, mas herdou o 9º lugar após Kevin Magnussen (McLaren) ser punido

A Toro Rosso viveu uma semana agitada antes do GP da Bélgica, disputado no último domingo, em Spa-Francorchamps. A escuderia anunciou que o holandês Max Verstappen, de 16 anos, será o novo piloto do time na temporada de 2015. Com o ingresso do filho de Jos Verstappen, Jean-Eric Vergne terá de procurar nova equipe para o próximo ano. Foi com esse misto de novidade e despedida que o time de Faenza desembarcou para a disputa da etapa belga, a 12ª do Mundial. A fim de mostrar serviço, Vergne precisava acelerar no desafiador circuito das Ardenas. Todavia, o russo Daniil Kvyat também queria comprovar que a aposta da equipe em seu potencial tinha sido acertada. Neste duelo à parte, o russo de 20 anos levou a melhor, ao conquistar o nono lugar em Spa.

Com os pontos obtidos na Bélgica, Daniil chegou aos 8 pontos no campeonato – empatado com o experiente Romain Grosjean (Lotus). Entretanto, segue atrás de Jean-Eric, que tem 11 pontos. Apesar da desvantagem na classificação, o russo conta com mais top 10 que o gaulês – 5 a 4. Mesmo sendo um piloto que disputa sua temporada de estreia na Fórmula 1, a consistência de Kvyat nas corridas pesou para que a Toro Rosso optasse pela sua permanência. E seu desempenho em Spa-Francorchamps só ratificou essa característica. Cabe ressaltar que, na sexta-feira, era a primeira vez que Daniil acelerava um bólido da categoria máxima do automobilismo no tradicional circuito belga. No fim do dia, havia anotado um excelente sétimo tempo, com 1m50s725.

Daniil superou Jean-Eric Vergne (à dir.) durante todo o fim de semana: francês será substituído pelo novato Max Verstappen em 2015

Daniil superou Vergne (à dir.) no fim de semana: francês será substituído por Max Verstappen em 2015

Para se ter uma ideia do grau de adaptação do russo, Vergne ficou em 11º, com 1m51s383 – uma marca 0s658 mais lenta que a do companheiro. A boa performance no primeiro dia de treinos satisfez Kvyat. “Eu realmente gostei de pilotar nesta pista, e estou bem feliz com o carro. Melhoramos o nosso equilíbrio, e tenho que dizer que me sinto confiante para amanhã (sábado), quando espero que continuemos nesta tocada e melhoremos ainda mais”, afirmou, após os testes de sexta. Porém, Daniil e os demais do grid tiveram que encarar um obstáculo a mais para os treinos que definiriam o posicionamento de largada para o GP da Bélgica: a chuva. A pista ficou molhada nas sessões decisivas, e acabou prejudicando o desempenho do russo. No fim, alcançou o 11º lugar, com 2m09s377, mas não foi para o Q3.

“Essa foi uma classificação traiçoeira e, até a última tentativa, eu não estava muito contente com a tocada do carro. Mas mudamos algumas coisas e, no final, eu estava muito mais confortável. Eu diria que a minha última tentativa no Q2 foi bem representativa, mesmo que eu pense que poderia ter sido mais rápido se estivesse seco”, observou Kvyat, que foi 0s428 mais veloz que Vergne, 12º com 2m09s805. A pole ficou com Nico Rosberg (Mercedes), que anotou 2m05s591. Apesar de não ter avançado para o Q3, o russo estava confiante para a corrida. “Amanhã (domingo) vai ser uma situação diferente, pois a prova é muito longa e tudo pode acontecer. Espero conseguir alguns pontos”.

Na largada, Kvyat foi cauteloso e perdeu uma posição

Na largada do GP da Bélgica, Kvyat foi cauteloso e perdeu uma posição para Sergio Pérez (Force India)

A corrida

Diferentemente de sábado, o sol brilhou em 24 de agosto de 2014, em Spa-Francorchamps. Quando as luzes vermelhas se apagaram para a disputa do GP da Bélgica, Kvyat tentou colocar seu Toro Rosso por dentro da La Source, primeira curva do circuito das Ardenhas. Contudo, o russo acabou sendo superado por Sergio Pérez (Force India), caindo para a 12ª posição. Na volta 2, um toque de Nico Rosberg (Mercedes) no pneu traseiro esquerdo do bólido de Lewis Hamilton (Mercedes), na disputa pela liderança da corrida, fez com que furasse o composto do inglês. Com o incidente, Hamilton se rastejou pela longa pista belga, despencando para as últimas posições. Sem Lewis, Daniil herdou o 11º lugar.

Na volta 8, teve início a primeira sessão de paradas de boxes. Com os pit stops de Rosberg, Pérez, Kimi Raikkonen (Ferrari) e Felipe Massa (Williams), Kvyat figurou em sétimo. Na passagem seguinte, o russo da Toro Rosso foi aos boxes. Na saída, se viu em 13º. Na volta 11, com o pit stop de Adrian Sutil (Sauber), ascendeu para a 12ª posição. Duas voltas depois, foi a vez do companheiro do alemão, Esteban Gutiérrez (Sauber), realizar sua parada, fazendo com que Daniil assumisse o 11º lugar. O retorno do russo ao top 10 se deu na volta 15, devido ao pit stop de Vergne.

O russo travou batalha tática contra a dupla da Force India:

Na batalha contra a dupla da Force India, o russo recebeu a bandeirada a 1s de Pérez e 0s3 à frente de Hulk

Em décimo, Kvyat se viu entre Pérez e Nico Hulkenberg (Force India). Contudo, estava distante do mexicano, e tinha que se preocupar com as investidas do alemão. Ainda assim, manteve sua posição até a volta 22, quando Sergio realizou sua segunda parada de boxes. Sem Checo, o russo assumiu a nona colocação. Na volta 24, porém, já sentia problemas de pneus, e acabou sendo superado por Hulk. Na passagem seguinte, realizou sua segunda e definitiva parada. No retorno à pista, estava em 12º. Com o pit stop de Vergne, na volta 26º, Daniil recuperou o 11º posto.

O russo só retomou o 10º lugar na volta 30, depois da parada de Hulkenberg. Com pneus mais novos, o germânico da Force India imprimia um ritmo mais forte, e logo alcançou Kvyat. Por 10 voltas, o novato da Toro Rosso teve que segurar com afinco os ímpetos de Nico. O prêmio pela resistência de Daniil foi a consolidação da 10ª posição. “Foi uma difícil corrida, especialmente no final, quando eu estava defendendo minha posição contra Hulkenberg, que estava com pneus novos. Foi um pouco complicado, pois precisava manter meus pneus e lutar para ficar no top 10. No geral, um final de semana positivo, em que fomos capazes de melhorar gradativamente, e fico feliz de ter conseguido esse ponto”.

Kvyat se mostrou satisfeito com o desempenho da Toro Rosso em Spa-Francorchamps

Kvyat se mostrou satisfeito com o desempenho da Toro Rosso em Spa-Francorchamps

Porém, horas depois da bandeirada, Kvyat herdou mais um ponto. Explica-se: na fase final da corrida, Kevin Magnussen (McLaren), na ânsia de se segurar em quinto lugar, espremeu Fernando Alonso (Ferrari) na Reta Kemmel. Para não se chocar com o dinamarquês, o espanhol foi obrigado a passar com as quatro rodas sobre a grama. Diante do ocorrido, a direção de prova puniu Magnussen, acrescendo 20 segundos em seu tempo total de corrida. Isso fez com que Daniil ficasse com a nona colocação. No fim, o russo teve um saldo positivo da primeira experiência na mítica pista de Spa-Francorchamps: dois pontos e a certeza do dever cumprido à risca.

Após ver Magnussen ter 20s acrescido ao seu tempo de corrida, Daniil herdou o nono lugar

Após ver Magnussen ter 20s acrescidos ao seu tempo de corrida, Daniil herdou o nono lugar

Advertisements

Sobre contosdaf1

Desde 1981, um amante de automobilismo. E veio desde o registro, quando no cartório seu pai foi questionado se queria colocar o nome "Willians" no garoto. "Esse é o nome de uma escuderia. Pode dar problema para ele no futuro", disse a escrivã. Hoje em dia, a equipe Williams voltou a se destacar, enquanto o menino segue o destino. Jornalista, nascido em Santos, cobriu os GPs do Brasil de 2005 a 2009 em Interlagos pelo jornal A Tribuna. Acompanha a Fórmula 1 religiosamente desde 1986. Pretende fazer isso até seus últimos dias. Afinal, o faz desde o primeiro.
Esta entrada foi publicada em Adrian Sutil, Bélgica, Daniil Kvyat, Esteban Gutiérrez, Force India, Jean-Eric Vergne, Nico Hulkenberg, Sauber, Sergio Pérez, Spa-Francorchamps, Toro Rosso. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s