Europa-2012: o Incrível Hulk e a luta com gigantes

Hulkenberg foi quem mais atrapalhou Alonso em Valência: 12 voltas

Hulkenberg foi quem mais atrapalhou Alonso em Valência: 12 voltas

Confesso que a leitura de histórias em quadrinhos nunca foi das minhas preferidas. Porém, não há como ignorar a coincidência nominal existente entre o alemão Nico Hulkenberg (Force India) e o super-herói da Marvel Comics. A diferença é que, nas pistas, o Incrível Hulk precisou incorporar as cores branca e laranja ao célebre verde para obter a melhor posição de sua carreira. A façanha foi conquistada no último domingo, quando Nico ficou em quinto lugar no GP da Europa, em Valência (Espanha). O alemão da Force India mediu forças com antigos e atuais monstros do circo para celebrar, enfim, um final feliz.

Hulkenberg chegou à cidade catalã com mirrados sete pontos no Mundial. Não tinha feito nada de especial desde o início da temporada, quando foi contratado por Vijay Mallya. Depois de não participar de prova alguma em 2011, o último feito marcante de Nico na Fórmula 1 aconteceu em Interlagos, em 2010, quando obteve a pole position do GP Brasil guiando pela Williams. A etapa europeia, a oitava de 2012, seria uma espécie de rito de passagem para o alemão: ou ele mostrava trabalho, ou começava a ver ameaçada sua vaga na Force India.

Vijay Mallya, dono da Force India, aguardava há tempos um bom desempenho de Hulk

Vijay Mallya, dono da Force India, aguardava há tempos um bom desempenho de Hulk

Nas ruas de Valência, Hulk tinha uma arma fundamental para suas pretensões na corrida: a Force India estava totalmente adaptada ao circuito. Tanto que o alemão e seu companheiro de equipe, o escocês Paul di Resta, avançaram para o Q3 – conhecido no Brasil como “superpole”. No treino decisivo, Nico se classificou em oitavo, enquanto Paul ficou em décimo. Com os bólidos indianos entre os 10 melhores, pensar nos pontos era natural, certo? Nem sempre. A Force India perdeu rendimento nas provas anteriores e decepcionou. Aconteceria o mesmo no GP da Europa? Era a dúvida que povoava os boxes da escuderia.

No domingo, as coisas começaram bem para Hulkenberg e Di Resta. A dupla superou Nico Rosberg (Mercedes) e completou a volta 1 em sétimo e nono, respectivamente. Porém, a vida do alemão da Force India não ficaria fácil a partir dali: Hulk passou a ser pressionado por um impetuoso Fernando Alonso (Ferrari). Nico bem que tentou conter o ataque do ferrarista, segurando o espanhol o quanto pôde. Mas, na volta 12, com os pneus desgastados, o alemão foi ultrapassado pelo bicampeão. Duas voltas depois, o piloto da Force India parou nos boxes. Era o 14º lugar.

Nico não se intimidou com o poderio dos rivais e flertou com o pódio no GP da Europa

Nico não se intimidou com o poderio dos rivais e flertou com o pódio no GP da Europa

Mas o dia estava propício para Hulk. Apesar da posição intermediária, ele passou a ascender na prova. Na volta 19, ganhou duas posições com as paradas nos boxes de Michael Schumacher (Mercedes) e Mark Webber (Red Bull). Na volta 20, Bruno Senna (Williams) e Kamui Kobayashi (Sauber) se chocaram, e o alemão pulou para o nono lugar. A posição nos pontos estava consolidada. Faltava somente saber em qual lugar terminaria em Valência. Mal ele sabia que tinha condições de alcançar o pódio…

Na volta 27, um acidente envolvendo Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) e Heikki Kovalainen (Caterham) provocou a entrada do safety car. A Force India agiu rápido, e chamou Hulkenberg e Di Resta para os boxes. Na relargada, dada na volta 31, a dupla da escuderia indiana superou Rosberg e contou com o abandono do líder Sebastian Vettel (Red Bull) para retornar ao top 10. Na 37ª volta, Hulkenberg se aproveitou de um erro de Webber e assumiu o sétimo lugar. Mas o ápice veio na volta 41: com o pit stop de Schumacher e a quebra do então vice-lóder Romain Grosjean (Lotus), o alemão alcançava o quinto lugar.

Force India comemora 5º lugar com Hulk: melhor resultado do time no ano

Force India comemora 5º lugar com Hulk: melhor resultado do time no ano

À frente dele, apenas Alonso, Lewis Hamilton (McLaren), Kimi Raikkonen (Lotus) e Pastor Maldonado (Williams). A partir dali, o GP da Europa se tornou uma prova de sobrevivência. Quem soubesse manter os pneus e uma velocidade plena, seria bem-sucedido em Valência. Hulkenberg resistiu o quanto pôde. Na volta 55, Hamilton perdeu rendimento e cedeu o segundo lugar para Raikkonen. Maldonado também tentou se aproveitar, mas bateu no piloto da McLaren: os dois estavam fora da luta pelo pódio.

Dessa forma, o terceiro lugar cairia no colo de Nico, certo? Quase isso: Hulk não contava com a reação de Schumacher e Webber, que o superaram na volta 56. Alonso venceu pela 29ª vez, seguido por Raikkonen, Michael e Mark. Ao alemão da Force India, restou um “quase pódio”. O quinto lugar em Valência significou o melhor resultado da carreira de Hulkenberg na categoria. Incrível como o super-herói? Não. Mas o top 5 era um fato louvável e motivo de celebração para Nico e a escuderia de Vijay Mallya.

Anúncios

Sobre contosdaf1

Desde 1981, um amante de automobilismo. E veio desde o registro, quando no cartório seu pai foi questionado se queria colocar o nome "Willians" no garoto. "Esse é o nome de uma escuderia. Pode dar problema para ele no futuro", disse a escrivã. Hoje em dia, a equipe Williams voltou a se destacar, enquanto o menino segue o destino. Jornalista, nascido em Santos, cobriu os GPs do Brasil de 2005 a 2009 em Interlagos pelo jornal A Tribuna. Acompanha a Fórmula 1 religiosamente desde 1986. Pretende fazer isso até seus últimos dias. Afinal, o faz desde o primeiro.
Esta entrada foi publicada em Bruno Senna, Caterham, Europa, Force India, Heikki Kovalainen, Jean-Eric Vergne, Kamui Kobayashi, Lotus, McLaren, Nico Hulkenberg, Pastor Maldonado, Paul di Resta, Sauber, Toro Rosso, Valência, Vijay Mallya, Williams. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s